cidadegospel

quarta-feira, 16 de março de 2016

HEC reorganiza estrutura de sua Unidade de Cardiologia Clínica

A unidade de Cardiologia Clínica do Hospital Estadual da Criança (HEC) / Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI) foi reorganizada. Devido à baixa taxa de ocupação dos oito leitos destinados exclusivamente a esta especialidade, o hospital resolveu distribuir esses leitos para a enfermaria pediátrica, inclusive para absorver a demanda aumentada de pacientes acometidos com dengue, zika vírus e chikungunya - e suas complicações.

Os pacientes com patologias cardíacas vão continuar sendo assistidos pela equipe de Pediatria e Cardiologia Clínica do HEC, mas os leitos antes ociosos, devido à baixa taxa de ocupação da enfermaria desta especialidade, serão absorvidos pela Pediatria favorecendo, assim, a assistência a um maior número de crianças.

Aqueles com patologia cardíaca cirúrgica vão continuar sendo atendidos no ambulatório e referenciados, quando necessário, através da Central Estadual de Regulação; já os pacientes internados que também necessitem de transferência vão continuar seguindo o fluxo estabelecido, e serão atendidos, diariamente, pelos médicos pediatras e cardiologistas conforme programação da especialidade - o que já tem sido feito.

Segundo Dra. Milena Pessoa, diretora médica do HEC, essa reorganização visa aumentar a disponibilidade de leitos pediátricos, já que os leitos da Cardiologia não têm sido ocupados em sua totalidade. “Dessa forma, poderemos atender mais pacientes que chegam aqui no HEC com patologias de outras especialidades médicas, sem deixar de atender os pacientes cardiológicos”, explica a diretora médica.

Vale ressaltar que o HEC oferece recursos diagnósticos na área cardiológica com Eletrocardiografia, Ecocardiografia e Angiotomografia Cardíaca, além de assistência cirúrgica pré e pós-operatória de baixa complexidade.

Ascom/HEC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário