cidadegospel

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Falando de Trânsito!

Ou Melhor, Dum Verdadeiro Crime Contra o Cidadão/Condutor/Consumidor, Explico...

O Que Justificaria um Condutor, Quando da Renovação de Sua Carteira Nacional de Habilitação, se Ver Obrigado a Custear o Mais Caro Exame Médico Cobrado no País?

O Que Justificaria Este Condutor (Cidadão) Não Poder Escolher o Estabelecimento Que Irá Lhe Prestar Este Serviço, Mas Sim, Ser Obrigado a Contratar a Prestação Deste Serviço Num Estabelecimento Determinado Pelo Órgão Público?

O Que Justificaria Este Condutor (Cidadão) Pagar Por um Serviço e Não Ter, de Forma ou Modo Algum, Mesmo Que Exija, o Fornecimento de Nota Fiscal Pelo Serviço Que Contratou?

O Que Justificaria Profissionais, Devidamente Formados, Capacitados e Habilitados Para Esta Prestação de Serviço Não Terem Seus Pedidos de Credenciamento Atendidos Pelo Órgão Público, INDEPENDENTEMENTE, de Conchavo e/ou Apadrinhamento Político?

O Que Justificaria um Condutor no Estado da Bahia Ter Que Pagar R$ 129,00 Por um Exame Médico Quando Condutores de Diversos Outros Estados Pagam Menos de R$ 50,00 Pelo Mesmo Exame?

O Que Justificaria um Condutor no Estado da Bahia Ter Que Pagar R$ 160,00 Por Uma Avaliação Psicológica Quando Condutores de Diversos Outros Estados Pagam Valores Até Três Vezes Menores?

Pequeno Retrato do Descalabro:
Exame Médico:
Bahia R$ 129,00 x Amazonas R$ 30,00
Avaliação Psicológica:
Bahia R$ 160,00 x Rio Grande do Norte R$ 49,00

Por Estas e Outras Que Sustento:
Indústria de Multas é Coisa do Passado, Pois o Que Existe Atualmente é um Verdadeiro Pólo Industrial do Trânsito!
E Perto Dele, a Lava-Jato é Café Pequeno...

Bruno Sobral
Advogado 
Pós-graduado em Gestão, Educação e Segurança no Trânsito 
Pós-graduando em Direito de Trânsito 
Coordenador do Encontro Nacional de Direito de Trânsito 
Embaixador do Movimento Maio Amarelo para o Estado da Bahia

Família defende acusado de matar a mãe e cobra justiça

Familiares de Edmilson Moreira Júnior, 20 anos, que está preso acusado de ter provocado a morte da mãe Solange Mabel Reis Oliveira, 66 anos, estiveram na manhã desta quarta-feira (24), no Complexo de Delegacias do Sobradinho, onde prestaram depoimento e alegaram para a polícia e para a imprensa que o jovem é inocente. A idosa foi encontrada morta dentro de casa, na rua B, do conjunto Feira X, na manhã do último domingo (21).

A versão contada pela polícia informa que Edmilson teria chegado de madrugada em casa e alcoolizado discutiu com a mãe, tendo empurrado a idosa, que caiu batendo a cabeça no chão. Entrevistado pelo repórter Carlos Valadares, Edmilson negou a agressão contra a mãe e contou que após chegar em casa, subiu para seu quarto que fica no andar superior, deixando a mãe varrendo a varanda, como costumava fazer. Ele acredita que ela tenha caído, por causa da idade e de problemas de saúde.

De acordo com a esposa e as três irmãs de Edmilson, ele é inocente e não acreditam que tenha cometido o crime contra a própria mãe. A irmã Iara de Oliveira Souza corroborou com a declaração do irmão sobre os problemas de saúde da mãe. “Ela era hipertensa, tinha diabetes, e tinha sofrido um derrame e ficado com um lado esquecido. Júnior é um bom irmão e sempre cuidou da mãe dele, sempre deu carinho e atenção. Jamais faria uma coisa dessas”, defendeu.

Questionada sobre gritos que teriam sido ouvidos por vizinhos, Iara relatou que a denúncia partiu de uma vizinha que mora do outro lado da rua e não tinha condições de ver se algo estava acontecendo.  “Ela disse que ouviu gritos por volta das 2 horas da manhã, sendo que ele (Edmilson) estava na avenida, temos prova disso. E quando o vizinho ligou que o corpo dela estava no chão, ligaram pra minha irmã, ela não conseguiu abrir o portão. Meu irmão chegou da micareta 4 horas da manhã, ela abriu o portão e ele entrou. Ele estava dormindo na parte de cima, e não ouviu ela cair. Quando ele viu, que minha irmã gritou e ele viu minha mãe no chão, ele se desesperou e ficou sem saber o que fazer”, contou a irmã.

Ainda de acordo com Iara, consta na declaração de óbito  que a idosa morreu em decorrência de hipertensão intercraniana. “O cérebro dela aumentou a pressão e ela teve a tontura. Nós viemos depor a favor do nosso irmão, porque a gente conhece a índole dele, apesar de já ter tido passagem pela polícia. Só prenderam meu irmão porque o viram com sangue. Minha irmã também ficou porque teve que arrastar o corpo dela”, disse Iara.

Blog Central de Polícia, com informações e foto de Sotero Filho.




Jovem é baleado durante assalto em Feira de Santana

Um jovem de 19 anos foi socorrido nesta terça-feira (23) para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), após ser baleado durante um assalto em Feira de Santana.

Fernando Santos de Jesus, residente no bairro Parque Getúlio Vargas, contou que foi assaltado por dois homens de moto no bairro Santa Mônica II. Ainda de acordo com a vítima, além de ter o celular roubado, um dos bandidos deflagrou um tiro que o atingiu no braço.

Os bandidos conseguiram fugir, enquanto o jovem foi atendido no hospital e já teve alta.

Blog Central de Polícia, com informações de Jota Bezerra.

Paralisação de vigilantes provoca fechamento de bancos em Feira de Santana

As agências bancárias de Feira de Santana não estão funcionando nesta quarta-feira (24) por conta da paralisação dos vigilantes em todo o estado da Bahia.

O Sindivigilantes, sindicato que representa a categoria informou que a paralisação foi decidida em assembleia depois de meses de negociação com os patrões, que só ofereceram 1% de reajuste nos salários. Os trabalhadores também reivindicam outros benefícios.

Além dos bancos, a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) também suspendeu as atividades acadêmicas. Outros órgãos também devem ter o atendimento suspenso.

Blog Central de Polícia, com imagem reprodução.



terça-feira, 23 de maio de 2017

SSP critica conduta de Kannario na Micareta e diz que tomará 'providências judiciais'; cantor fará denúncia

A Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) criticou por meio de nota a conduta do cantor e vereador Igor Kannario (PHS) durante sua apresentação na micareta de Feira de Santana, no domingo (21). Na ocasião,ele discutiu com uma policial militar. Kannario teria se irritado ao ver a PM agredindo os foliões que seguiam seu trio.

"A SSP entende que levantar e instigar uma disputa de poderes em um evento público, inclusive desqualificando a centenária e respeitosa Polícia Militar não são condutas esperadas de um artista e membro do legislativo. Ressalta ainda que o fato está sendo avaliado e que, caso se configure desacato, a SSP tomará as providências judiciais cabíveis", diz a nota.

Durante sua apresentação Kannário dispara de cima do trio: "Você é só uma PFem. Eu sou mais autoridade do que você. Eu sou vereador. Me respeite, me respeite! Procure seu lugar", disse o pagodeiro, que voltou a cantar.

Momentos depois, ele pede para a banda parar e volta a falar para a policial. "Ela tá mandando eu tomar no meu c*. É uma policial mandando eu tomar no c*? Ela tem que me respeitar, pô", reclamou. Em seguida, ele seguiu com o show normalmente.

Nesta segunda-feira (22), a PM já havia se posicionado sobre o ocorrido. Segundo a corporação, as  imagens de videomonitoramento do circuito da festa serão avaliadas para apurar a existência do fato, pois as imagens veiculadas não mostram nenhum tipo de conduta inadequada por parte de PMs. Também não havia registro de agressão de policiais contra foliões.

Ainda em nota, a SSP afirma que vai apurar os supostos excessos cometidos durante a festa, evento no qual participaram as corregedorias da PM e da SSP em regime de plantão, para receber qualquer tipo de  denúncia abuso policial.

A assessoria do cantor lançou nota em seu perfil no Instagram afirmando que Igor "ficou abismado e surpreendido com o que viu do alto do trio elétrico" e que foi necessário "parar de tocar várias vezes em razão da violência policial".  A nota diz ainda que o cantor visualizou um policial militar agredindo "crianças, mulheres e trabalhadores sem motivo algum". 

Por conta da situação, o vereador informou que pedirá a designação de uma Audiência Pública na Câmara para que o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Ancelmo Alves Brandão, esclareça os fatos e tome  providências. Ele ainda irá apresentar uma representação perante o Procurador Geral do Ministério Público do Estado da Bahia e para a Corregedoria da PM para que apurem a violência praticada.
Veja notas na íntegra:
A Secretaria da Segurança Pública enfatiza que a Polícia Militar da Bahia é uma das mais qualificadas no Brasil em atuação em grandes eventos, servindo, inclusive de modelo para outros estados, que com frequência procuram a Bahia para ter acesso aos modelo de policiamento utilizado em multidões. Assim como as demais forças de Segurança do estado, a PM- BA foi destacada com a melhor nota das avaliações da Copa do Mundo 2014 e, nas Olimpíadas Rio 2016 não foi diferente.
A SSP ressalta ainda que está aberta a  toda crítica  fundamentada às polícias estaduais e que vai apurar os supostos excessos cometidos durante a Micareta de Feira de Santana, evento no qual participaram as corregedorias da PM e da SSP em regime de plantão, para receber qualquer tipo de  denúncia abuso policial.
No entanto, a SSP entende que levantar e instigar uma disputa de  poderes em um evento público, inclusive desqualificando a centenária  e respeitosa  Polícia Militar não são condutas esperadas de um artista e membro do legislativo. Ressalta ainda que o fato está sendo avaliado e que, caso se configure desacato, a SSP tomará as providências judiciais cabíveis.
Por fim, a SSP reafirma que todo excesso policial deve ser denunciado, seja através da Ouvidoria Geral 3450-1212, redes sociais da instituição (Facebook, Twitter, Instagram), Disque-Denúncia (71 3235 0000) ou por meios das corregedorias policiais.

Correio 24horas, com foto de Gleidson Santos

Jovem é flagrado com arma na porta de escola e diz que foi cobrar uma dívida

Uma arma de fogo foi apreendida por volta das 21h desta segunda-feira (22), na escola João Tiago de Queiroz, povoado do Magalhães, em São Gonçalo dos Campos. O flagrante foi feito por uma equipe da Guarda Civil Municipal, que realizava a ronda escolar.

Segundo informações, os agentes perceberam um jovem de 19 anos em atitude suspeita e durante a abordagem encontraram um revólver calibre 32, com um cartucho intacto e cinco deflagrados. De acordo com a GM, o suspeito também estava com uma motocicleta e alegou que “estava armado na porta da escola para cobrar uma dívida de um estudante no horário da saída”. Não foi  explicado o tipo de dívida.

Após a abordagem e a apreensão da arma, o jovem foi apresentado no Complexo de Delegacias do Sobradinho, em Feira de Santana, onde um advogado já o aguardava. O site São Gonçalo Agora foi informado que o infrator foi liberado logo depois.

Blog Central de Polícia, com informações do São Gonçalo Agora.

Mulher é encontrada morta dentro de casa com sinais de estrangulamento, em Alagoinhas

Uma mulher de 49 anos foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (22), dentro da casa onde morava na rua São Lázaro, bairro Santa Terezinha, em Alagoinhas.

Segundo informações, Lucy Maria Francisca dos Santos foi encontrada despida sobre a cama e com sinais de estrangulamento. O laudo da perícia técnica também deve revelar se a vítima foi abusada sexualmente.

De acordo com o site Alta Pressão, uma parte da cobertura da casa estava destelhada. No interior da casa, vários objetos estavam revirados. Parentes informaram que Lucy Maria morava sozinha e era querida pelos moradores da rua.
O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser necropsiado.  A Delegacia Territorial já está investigando o crime, o segundo caso de feminicídio no ano, em Alagoinhas.

Blog Central de Polícia, com informações e fotos do Alta Pressão Online.