cidadegospel

quinta-feira, 16 de março de 2017

Adolescente é acusado de participação na morte de 11 pessoas em Feira de Santana

Um jovem que completou 17 anos recentemente é suspeito de participação em pelo menos 11 assassinatos em Feira de Santana e está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo a polícia, os homicídios ocorreram na região do bairro Aviário, onde a disputa pelo tráfico de drogas é intensa.

“Identificamos oito inquéritos policiais que somam onze mortes. Todos apontam a participação desse menor”, explicou o delegado Fabrício Linard, que faz parte da equipe da DHPP.

Em entrevista ao repórter Carlos Valadares, o delegado informou que um tio e um irmão do adolescente também são suspeitos de participação nos assassinatos.

Ainda de acordo com o delegado, as mortes foram motivadas pela disputa por pontos de tráfico de drogas naquela região da cidade, onde dois grupos rivalizam no comércio e na busca de ampliar o território.

A polícia informou que algumas das vítimas não tinham envolvimento com o tráfico, mas existe a suspeita que estariam passando informações para grupos rivais. Tio e sobrinhos estão respondendo a inquéritos em liberdade.

“Ficha limpa” aos 18 anos

De acordo com o Código Penal Brasileiro, criado em 1940, todo menor de 18 anos é presumivelmente inimputável. Por isso, caso viole alguma disposição penalmente condenável, terá cometido um “ato infracional” e será submetido à “medida socioeducativa”. Significa também que mesmo que o menor tenha cometido assassinatos, após completar 18 anos, passa a ter “ficha limpa”.

Blog Central de Polícia, com informações de Carlos Valadares



Nenhum comentário:

Postar um comentário