cidadegospel

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Acusado de matar a companheira é preso pela DHPP

Investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Feira de Santana conseguiram prender nesta sexta-feira (27), na zona rural de Antonio Cardoso, Fábio Júnior Souza Almeida, acusado de ter matado a companheira Jociane Souza do Nascimento, de 17 anos. O fato aconteceu no dia 20 de agosto de 2015, na rua R, casa 22, Residencial Conder, bairro Mangabeira.

A jovem estava deitada na cama quando foi atingida por um tiro na testa e o suspeito se apresentou no dia seguinte, acompanhado de um advogado. Ele alegou em depoimento ao delegado José Guimarães, que gostava muito de arma e que a mesma disparou enquanto brincava de ‘roleta russa’.

O delegado não acreditou na versão de Fábio Júnior e representou pela prisão preventiva, que foi decretada pela Justiça. De acordo com a polícia, ele estava foragido e foi localizado em Antonio Cardoso, não resistindo à prisão. O acusado será encaminhado ao Conjunto Penal de Feira de Santana e responderá pelo crime de feminicídio.
O delegado Fabrício Linard, em entrevista ao repórter Denivaldo Costa, informou que o depoimento de Fábio Júnior não convenceu e a DHPP ouviu testemunhas sobre o caso. “O depoimento dele não convenceu e de acordo com testemunhas havia desentendimentos por causa de ciúmes”.

RELEMBRE O CRIME
Foi assassinada por volta das 23h de sexta-feira (20) Jociane Souza Nascimento, 17 anos, que residia na rua R, casa 22, residencial Conder,bairro Conceição III, em Feira de Santana. A jovem foi encontrada morta em cima da cama com um tiro na testa.

“ O crime tem motivação passional, e Fábio Júnior Souza Almeida, companheiro  é o principal suspeito’’, enfatizou a autoridade policial em entrevista  ao repórter Marcos Valentim.

ACUSADO SE APRESENTA

Fábio Júnior Souza Almeida esteve na manhã de segunda-feira (24) na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para prestar depoimento sobre um homicídio ocorrido na noite de sexta-feira no residencial Conder, bairro Conceição III, em Feira de Santana. Ele é acusado de ter assassinado a companheira Josiane Souza Nascimento, 17 anos, com um tiro na testa.
O crime aconteceu na residência do casal e de acordo com a polícia, foi presenciado por uma criança de dois anos, filha da vítima, de outro relacionamento. A jovem foi morta quando estava deitada na cama. Fábio Júnior disse em depoimento ao delegado José Guimarães, que gosta muito de arma e que a mesma disparou quando brincou de roleta russa. “Disse que foi uma brincadeira”, segundo o relato dado ao delegado.

Em entrevista ao repórter Denivaldo Costa, Fábio Júnior negou que a criança tenha presenciado a morte da mãe e que ela estava na sala, embora familiares da vítima afirmem que as pernas do bebê estavam sujas de sangue.

Blog Central de Polícia, com informações e fotos de Sotero Filho e arquivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário