cidadegospel

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

DRFR desarticula quadrilha que roubava e adulterava veículos em Feira de Santana

Um trabalho que envolveu várias equipes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR/Feira de Santana), sob o comando do delegado André Ribeiro, desarticulou uma quadrilha especializada em roubo e adulteração de sinais de veículos na região de Feira de Santana.

Segundo o delegado, os policiais realizavam investigações sobre roubos de veículos quando a equipe Golf 01 obteve informações que suspeitos estavam chegando diariamente com veículos diferentes no Condomínio Santana Life, no bairro Vila Olímpia, e que na terça-feira (12), um HB20, cor prata, foi deixado no local.
O serviço de inteligência da DRFR foi checar a informação e constatou que o veículo estava com a placa PJR-4990, mas a original era PJN-0838 e foi roubado horas antes conforme ocorrência registrada na delegacia.

A partir daí, a polícia montou campana para descobrir e prender os criminosos, deslocando 12 policiais que se revezaram da noite de terça-feira (12) até a tarde desta quarta-feira (14), quando indivíduos retiraram o veículo do condomínio. Por volta das 13h, os suspeitos levaram o HB20 e o estacionaram na rua Porto Seguro, no bairro Jardim Cruzeiro.
Durante esse tempo, os policiais monitoravam toda a ação dos homens e por volta das 19h, os suspeitos identificados como Gledson Eduardo dos Santos, também conhecido como ‘Gueu’ e Denivaldo São Leão de Oliveira, foram buscar o veículo a bordo de um Vectra, prata, placa NTV-9402. Sem dar possibilidade de fuga, os policiais prenderam os dois.

O delegado André Ribeiro informou que ‘Guel’ era procurado há muito tempo pela DRFR por suspeita de vários roubos na cidade.  Após prender os dois, a polícia localizou mais dois veículos que estavam em poder deles: uma picape Fiat Strada, cor prata, placa JLB-6660 (tomada de assalto no último dia 12) e um Volkswagen Fox, branco, placa OKZ-7300 (roubado no dia 13).
Ainda de acordo com o delegado, a dupla tem como parceiro Tayrone Carlos da Silva, que mora no Residencial Conceição Ville (B13), no bairro Conceição. Ele foi preso nesta quinta-feira (15). Um revólver calibre 38, que era utilizado para cometer os assaltos foi apreendido com Gleidson.

O titular da DRFR acrescentou que os veículos roubados seriam repassados a uma pessoa, que está sendo investigada, que falsificava os Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs) e adulterava os chassis. "Gueu confessou que as pessoas que compravam os veículos sabiam que eram roubados", disse André Ribeiro.

O delegado alerta que o comprador também pode responder criminalmente porque os veículos que custam em torno de R$ 50 mil eram oferecidos por R$ 5 mil ou R$ 7 mil, dependendo do modelo.

Os acusados foram autuados em flagrante e os veículos foram encaminhados para o pátio do Complexo Policial Investigador Bandeira, no Jomafa. A polícia continuará com as investigações para recuperar outros veículos roubados pelo grupo.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário