cidadegospel

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Cinco morrem em acidente na BR-116 Norte; vários veículos envolvidos


Cinco pessoas morreram em um acidente envolvendo cinco veículos na manhã desta segunda-feira, 18, na BR-116, entrada do município baiano de Lamarão (150 km de Salvador).

O ex-prefeito de Euclides da Cunha, Renato Campos, identificou a prima Olga Batista Campos como um dos ocupantes do Parati, de placa CHU-9853, proveniente de Euclides da Cunha, e que transportava as cinco pessoas que não resistiram ao impacto. Os demais mortos ainda não foram identificados.

A Polícia Técnica fez perícia no local e tem dificuldade de identificar as vítimas, já que os corpos foram dilacerados. A polícia ainda não confirmou as circunstâncias do acidente, mas os envolvidos na colisão disseram que o motorista da Hylux, de placa JSL-3051, Anderson Suzart Miranda, 23, dirigia na contramão quando atingiu o Gol de placa JPJ-4714, e a Strada, JRY-6894.

As testemunhas contaram que o Gol rodou na pista e que, em seguida, a Parati e um caminhão, de placa HLO-8860, foram atingidos. Não há informações sobre qual veículo bateu na Parati, mas suspeita-se que o automóvel passou por baixo do caminhão, já que o carro foi encontrado partido ao meio atrás da carreta.

A ocupante do Gol, Davileide Souza, 46 anos, que quebrou a perna, está internada no Hospital de Serrinha e aguarda transferência para Salvador; Anderson Suzart, motorista da Hylux, foi levado ao Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana, e Antônio Roberto Garcia Padre, proprietário da Hylux, foi internado na Clínica São Mateus. Não há informações sobre o estado de saúde de Anderson e Antônio Roberto.

O condutor do Gol, Davi Barbosa de Souza Júnior, 38, sua esposa Maria do Rosário de Souza, 39, a filha Brenda dos Santos Souza, 17, e o sobrinho Wesley, 19, tiveram ferimentos leves e já foram liberados. O passageiro da Strada, Mário Paixão de Araújo, que tem problemas cardíacos, foi levado a um hospital em Feira de Santana por precaução. Já os motoristas da Strada, Antônio Marcos Prado Reis, e do caminhão, Adão Aparecido Camelot saíram ilesos.

Fonte: A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário