cidadegospel

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Novo coordenador regional tem 19 anos na Polícia Civil e diz que está preparado para trabalhar em Feira de Santana

O novo coordenador regional de Polícia Civil de Feira de Santana, delegado Roberto da Silva Leal, está há 19 anos nos quadros da Polícia Civil e comandou a coordenadoria de Irecê durante dois anos. Em entrevista ao repórter Denivaldo Costa, o novo titular da 1ª Coorpin disse que foi informado da transferência para Feira de Santana através do Diário Oficial, e que está ciente do que o espera na maior cidade do interior do estado.

“Sabia que tinha algumas mudanças nas coordenadorias, e fui informado que seria transferido para Feira de Santana. Já conheço algumas coisas daí (Feira), inclusive, vários policiais que trabalham em Irecê são oriundos de Feira de Santana, então, sempre me relataram de algumas situações e agora estou tomando par da situação da criminalidade, e justamente para deixar a população tranquilizada com o bom trabalho, juntamente com a Polícia Militar, demais órgãos como Ministério Público e judiciário”, disse Leal.

O delegado informou que trabalhou como investigador de polícia nas cidades de Itabuna e Vitória e há 14 anos como delegado, esteve em Macaraní, Iguaí e Irecê. Sobre o desafio de trabalhar na segunda maior cidade da Bahia, o novo coordenador regional diz que está preparado e sabe das peculiaridades em relação à proximidade com a capital do estado e com a situação do tráfico e homicídios.

“A gente está sempre pronto pra assumir e espera fazer um bom trabalho, sabe das dificuldades, mas, como a gente exerce essa função sabe que espera assumir esses cargos para demonstrar a competência que a gente tem. Assim como fiz em Irecê, espero fazer também em Feira de Santana, uma gestão participativa, onde todos os servidores participam dando sugestões e com a parceria com a Polícia Militar, Ministério Público e Judiciário”, declara o delegado Roberto Leal.

O novo coordenador informou que ainda não definiu sua equipe de trabalho e que tomará a decisão após reunião com os servidores de Feira de Santana.

Indagado sobre quem o indicou para Feira de Santana, o delegado disse que foi determinação do Departamento de Polícia do Interior (Depin). Nos bastidores comenta-se que a saída do delegado João Rodrigo Uzzum foi por decisão política.

Blog Central de Polícia, com informações de Denivaldo Costa e imagem reprodução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário