cidadegospel

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Deficiente visual é acusado de feminicídio em Feira de Santana

Um homem identificado como Teódolo Ferreira dos Santos, 25 anos, portador de deficiência visual, é acusado de ter matado com um golpe de faca, a companheira Risoleta Araújo de Alencar, 30 anos, na rua Nova Aliança, bairro Conceição, em Feira de Santana. O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (20).
Segundo informações, a vítima estava grávida de seis meses e após cometer o crime, o acusado tentou fugir em um veículo, mas foi preso em flagrante por uma equipe da Ronda Maria da Penha, da Polícia Militar, comandada pelo soldado Gonzaga. De acordo com a polícia, o casal discutiu por causa de ciúmes e este pode ter sido o motivo do crime.
O homem foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Complexo de Delegacias do Sobradinho. Em entrevista ao repórter Sotero Filho, o acusado alegou legítima defesa.
Teódolo afirmou que discutiu com a esposa por causa do preparo de um mingau e percebeu que ela apanhou uma faca para golpeá-lo. Disse ainda que durante uma luta corporal tomou a arma e a atingiu no pescoço. Depois disso, tentou fugir. 
"Ela me tratava como escravo e na manhã de hoje queria que eu fizesse o mingau do menino. Eu falei que não, porque ela faria melhor, devido a minha deficiência e ela passou a me agredir verbalmente. Quando eu falei não quero mais conviver com você, aí eu senti que pariu para cima de mim. Depois que eu percebi que ela pegou uma faca, consegui tomar e fiz o que fiz", relatou o acusado.

O homem foi autuado em flagrante e deverá responder por feminicídio, crime praticado contra mulher. Uma equipe comandada pela delegada Bianca Torres foi até o local do crime para realizar o levantamento cadavérico. Além da gravidez, a vítima também tinha outros três filhos.

Blog Central de Polícia, com informações e fotos de Sotero Filho e Boca de Zero Nove (atualizada)

Nenhum comentário:

Postar um comentário