cidadegospel

sexta-feira, 24 de março de 2017

Suspeito de matar namorado é preso em Feira de Santana

Um homem identificado como João Vitor da Silva Ferreira, 19 anos, foi preso na tarde desta quinta-feira (23), em Feira de Santana, no Centro-norte da Bahia, suspeito de ser o assassino de Gilmar Dias dos Santos, 40. A vítima foi encontrada morta dentro de um carro na Avenida Anita Garibaldi, em Salvador, na segunda-feira (20). O suspeito contou que mantinha um relacionamento com a vítima.

Segundo o titular da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana, Gustavo Coutinho, os policiais chegaram até o suspeito através de uma denúncia. João Vitor chegou em Feira no mesmo dia do crime. Ele alugou uma casa e estava morando no bairro de Mangabeira, com um amigo.

"Recebemos a denúncia e fomos até o local. Ele foi preso por volta das 16h30 de hoje e confessou o crime. No momento da prisão havia um amigo com ele que foi testemunha e confirmou algumas informações passadas por João Vitor", contou o delegado.

Crime passional
O suspeito contou que mantinha um relacionamento amoroso com Gilmar e que, um dia antes do crime, ele passou a noite bebendo com a vítima e um amigo - o que estava com ele no momento da prisão - em Salvador. Na tarde de segunda-feira, ele e Gilmar resolveram sair e seguiram no carro Corsa Classic, branco, da vítima. A viagem não foi tranquila e os dois tiveram uma discussão dentro do veículo.
O amigo de João Vitor contou para os investigadores de Feira de Santana que a discussão entre os dois aconteceu porque o suspeito precisava de dinheiro para pagar uma dívida com traficantes do Nordeste de Amaralina, pediu para Gilmar e a vítima não quis dar o valor. Durante o bate-boca, ele sacou o revólver calibre 38 que carregava e atirou contra o ouvido direito da vítima.

O crime aconteceu por volta das 14h30, quando o veículo estava parado em uma sinaleira, em frente à loja Color Tintas, na rotatória que dá acesso ao bairro do Garcia. O suspeito fugiu em seguida, mas foi flagrado por câmeras de segurança da região. O delegado contou que ele não tem passagem policial. 

"Ele disse que foi expulso de casa pela família porque praticava roubos para poder pagar as drogas. O amigo dele contou que João Vitor pegou drogas com traficantes do Nordeste de Amaralina, usou o material e não tinha como pagar a dívida. Esse teria sido o motivo da discussão entre ele e a vítima e foi por isso que ele fugiu para Feira de Santana", afirmou Coutinho. 

O homem não soube dizer qual o valor da dívida que o suspeito tem com os traficantes. A arma do crime ainda estava com João Vitor e foi apreendida pelos policiais. Ele será encaminhado para Salvador nesta sexta-feira (24). A prisão do suspeito foi realizada por investigadores da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana.

O corpo de Gilmar foi sepultado um dia depois do crime, no cemitério Bosque da Paz, em Nova Brasília. 

Fonte: Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário