cidadegospel

quarta-feira, 29 de março de 2017

Comunidade de Humildes se reúne com autoridades para discutir segurança; PM não mandou representante

Uma reunião foi realizada na noite desta terça-feira (28), no Espaço Juca Eventos, no distrito de Humildes, em Feira de Santana, para discutir sobre a segurança pública naquela localidade.

Com uma população superior a muitas cidades, o distrito de Humildes vem registrando uma onda crescente de assaltos, incluindo arrastões, tanto na sede como nas comunidades e estradas vicinais. Um dos fatores que contribuem com a ação dos marginais é a proximidade do distrito com as BR-324 e 101, que facilitam as fugas.

 Estiveram presentes autoridades policiais como o delegado João Rodrigo Uzzum, titular da 1ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin), secretário Mauro Moraes, da Secretaria de Prevenção à Violência (Seprev), lideranças locais, políticos e moradores.

Durante a reunião, que lotou o espaço de eventos, chegavam informações de novos assaltos no distrito e o delegado João Uzzum designou uma equipe da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), para investigar os roubos na região. O delegado informou ainda que o efetivo da 3ª Delegacia será reforçado e os moradores não precisarão mais se deslocar até a sede do município, quando necessitarem prestar queixa.

Entre as reivindicações da população de Humildes está a instalação de uma Base Comunitária de Segurança da Polícia Militar. Um detalhe reclamado pela comunidade foi a ausência de representantes da Polícia Militar. Não foi informado o motivo do não comparecimento.

Blog Central de Polícia, com informações do Jornal Transamérica e imagens reprodução





Nenhum comentário:

Postar um comentário