cidadegospel

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Suspeito de participar de sumiço da menina Gabrielly é solto

Foi solto nesta quarta-feira (15) o homem suspeito de ter participado do desaparecimento de Gabrielly Gomes Santana, de 7 anos,vista pela última vez há 25 dias, enquanto brincava na porta de casa, na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. O suspeito ficou preso por 20 dias. De acordo com informações do delegado João Uzzum, coordenador regional da Polícia Civil, ele foi liberado porque o prazo do mandado de prisão temporária expirou. Ainda não há informações sobre o paradeiro da criança.

O homem foi preso no dia 26 de janeiro e estava no Conjunto Penal de Feira de Santana. Conforme as informações divulgadas após a prisão do suspeito pela delegada Dorean dos Reis Soares, a polícia pediu a prisão temporária dele à Justiça por conta de fortes indícios da participação no crime.

O envolvimento do suspeito está sob investigação da polícia. A identidade do homem não foi divulgada para, segundo a delegada, preservar a integridade dele.

A menina desapareceu no dia 21 de janeiro, na frente da casa onde morava há 2 anos com a avó, no bairro Gabriela. Segundo a avó da criança, Maria da Glória Costa Gomes, assim que a menina sumiu, ela e a filha, a mãe da menina, foram à delegacia registrar a ocorrência. Maria relatou que a neta sempre brincava na porta de casa com as amigas, mas que no dia do desaparecimento estava sozinha. Segundo ela, uma vizinha viu um carro estranho rondando a região.

Manifestações
Durante o período em que Gabrielly Gomes está desaparecida, familiares e amigos da menina já realizaram duas manifestações para pedir agilidade nas investigações.

O último protesto, ocorreu na sexta-feira (10), em um trecho da BR-116. Cerca de 50 pessoas, incluindo o pai e a mãe da menina, participaram do ato. O grupo entregou folhetos com uma foto de Gabrielly e um telefone para contato aos motoristas que passaram na rodovia.

Já no dia 26 de janeiro, o grupo realizou uma caminhada por ruas da cidade de Feira de Santana. Os manifestantes vestiram camisetas com a foto de Gabrielly e levaram cartazes nas mãos com fotos da criança, além de contatos para que as pessoas pudessem informar o paradeiro dela. Durante a caminhada, o pai da menina, Joilson Santana, se emocionou e pediu para que a filha fosse achada logo e com vida.

Fonte: G1, com imagem reprodução



Nenhum comentário:

Postar um comentário