cidadegospel

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Família pede justiça para homem assassinado no centro de Feira

Kelly Cristiane, irmã de Raul Ferreira Júnior, 36 anos, assassinado na manhã da última quarta-feira (7) com um golpe de faca no pescoço na rua Barão de Cotegipe, centro de Feira de Santana, procurou a reportagem da rádio Subaé para esclarecer que o irmão não era morador de rua, como foi informado pela polícia.

De acordo com ela, Raul era trabalhador e morava no Residencial Santo Antonio, no bairro Santo Antonio dos Prazeres. Ela contou que o irmão recebeu o 13º salário e foi beber em um bar, quando terminou discutindo com um morador de rua. “Meu irmão foi morto a traição e deixou dois filhos”, declarou Kelly.

A irmã da vítima acrescentou que o suspeito do crime foi identificado pelo prenome Ramon e pediu providências à polícia.

O crime

Um homem foi assassinado com um golpe de faca no pescoço,por volta das 7h30 desta quarta-feira (7), na rua Barão de Cotegipe, centro de Feira de Santana.

Segundo informações, Raul Ferreira Júnior, 36 anos, foi surpreendido por um desconhecido e morreu ao lado do bar Irmãos Coragem. O criminoso estava a pé e a polícia suspeita que o criminoso seja um morador de rua.

O assassinato é está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Blog Central de Polícia, com informações de Sotero Filho (Ronda Policial) e imagem de arquivo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário