cidadegospel

sábado, 20 de maio de 2017

Camarotes da Prefeitura de Feira são interditados por falta de segurança

Após a interdição do camarote da Câmara de Vereadores, pelo Corpo de Bombeiros, na noite de quinta (18), no circuito Maneca Ferreira, na manhã desta sexta-feira (19) foi a vez dos camarotes da Diversidade, Comunicação e da Imprensa serem interditados. O motivo dos embargos é a falta de segurança das estruturas metálicas que foram montadas para os foliões.
O secretário de Cultura, Esporte e Lazer do município, Edson Borges, que também preside a comissão de Fiscalização Preventiva Integrada da Micareta, acompanhou as interdições e informou que durante a fiscalização foram encontradas irregularidades acerca da segurança contra incêndios, problemas quanto às escadas, dimensões das portas, aterramento para evitar choque elétrico e guarda corpos sem o devido apresilhamento.
Questionado sobre o porquê das irregularidades, o secretário informou que a empresa responsável pela montagem das estruturas da prefeitura e polícia na Micareta não cumpriu o contrato, e erros só foram descobertos pouco tempo antes do início da festa.

“A prefeitura todo ano faz uma licitação para escolha de uma empresa que monta algumas estruturas metálicas da micareta, como o da Polícia, e alguns camarotes como a da Secretaria de Comunicação, do prefeito e o da Câmara Municipal. Essa empresa ganhou a licitação obedecendo todos os critérios de uma lei federal de licitações, só que a empresa não está cumprindo e a gente começou a descobrir as coisas erradas já na reta final de fiscalização”, justificou o secretário.
Ainda de acordo com ele, os camarotes interditados oferecem riscos à vida dos foliões . Ele declarou que a empresa será punida rigorosamente pelas irregularidades e disse que a prefeitura irá tentar reparar os erros. “Já estamos tentando providenciar alguns concertos, mas só serão liberados se estiverem dentro do padrão”, ressaltou.

Fonte: Acorda Cidade, com fotos de Paulo José



Nenhum comentário:

Postar um comentário